domingo, 24 de novembro de 2013

Incentivos à realidade

video
 
Destes há poucos (professores)
 
A propósito de formação desportiva: se é verdade que Ronaldo ganhou massa muscular com os ingleses, também é verdade que não ficou um Sol (Campbell,). Na formação futebolística em Portugal, nos grandes e pequenos clubes, há muito cuidado com a especialização precoce; o professor-treinador prioriza o desenvolvimento físico-técnico global e harmonioso (hã?!). O Ronaldo chuta com os dois pés mas, por exemplo, o Cardoso só recentemente utiliza "o que tem mais à mão". A escola portuguesa de futebol está de parabéns, o melhor jogador do mundo tem a sua marca. Dito isto, reparem agora no 2º apoio a seguir à barreira. Não notam nada?! ...o puto vai logo buscar chão, caralho.
 
***